Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018

Notícias

Domingo, 07 de Outubro de 2018 10:46

Política

Wellington vota em Rondonópolis ao lado do neto e crê em 2º turno inédito em MT

Wellington se mostrou animado com os últimos dias de campanha e também com os resultados das pesquisas
Wellington vota em Rondonópolis ao lado do neto e crê em 2º turno inédito em MT Senador Wellington Fagundes (PR), candidato ao Governo de MT pela primeira vez, na cabine de votação em Rondonópolis, com o neto em seu colo

O candidato a governador Wellington Fagundes (PR) votou logo nas primeiras horas deste domingo (7), no Centro Integrado de Ensino de I e II Graus, em Rondonópolis (a 213 km de Cuiabá). Ao lado do neto de dois anos e da esposa Mariene Fagundes, o republicano manifestou confiança de que levará a eleição ao segundo turno. “Vamos ter uma grande disputa em Mato Grosso, com muitos debates importantes”.

Logo após votar, o candidato se deslocou para Cuiabá, para acompanhar sua candidata à vice-governadora Sirlei Theis (PV), que vota no Instituto de Linguagens da UFMT. Posteriormente, ele fará visita às principais seções eleitorais da Capital.  “Vamos cumprimentar os eleitores, porque hoje é um dia especial, dia da grande festa da democracia”.

Wellington se mostrou animado com os últimos dias de campanha e também com os resultados das pesquisas. “Recepções fabulosas, muito carinho do povo em reconhecimento ao nosso trabalho ao longo de nossa vida pública e da campanha limpa e propositiva que fizemos, levando uma mensagem de fé, otimismo e união”, acrescentou.

O republicano pediu que as pesquisas recentemente divulgadas sejam lidas considerando a margem de erro e ressaltou que os indecisos é que definirão o curso da eleição. Além dos institutos, ele citou as pesquisas internas da coligação, que, segundo ele, são muito mais amplas, abrangendo 80% das cidades do Estado.  “Visitamos muitos grotões, onde a pesquisa convencional não vai, e nos quais sempre estive presente, com muito trabalho e onde as pessoas me conhecem”.

Wellington disputa o Governo contra Mauro Mendes (DEM), Pedro Taques (PSDB), Arthur Nogueira (Rede) e Moisés Franz (Psol). (Com Assessoria)

Fonte: RD News

NOTÍCIAS RELACIONADAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}