Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018

Notícias

Terça-Feira, 09 de Outubro de 2018 09:14

Atualização

Vítima de crime passional e suspeito estão em estado grave e devem ser transferidos

Familiares disseram aos agentes que há cerca de três dias, o suspeito teria ameaçado a vítima com o mesmo revólver que cometeu o ato
Vítima de crime passional e suspeito estão em estado grave e devem ser transferidos Os primeiros atendimentos foram realizados no Hospital de Confresa (Foto: Olhar Alerta)

Um crime passional que chocou o município de Confresa, região do Araguaia, começou na manhã de terça-feira (9), em frente à uma pastelaria do Centro da cidade.

Segundo informações policiais repassadas ao site Olhar Alerta, por volta das 7:30h, a Polícia Militar foi acionada, pois havia ocorrido uma tentativa de feminicídio. Ao chegar no local, os policiais encontraram Greise de Oliveira Lacerda, de 34 anos, sentada numa cadeira, consciente, e informou que seu ex-marido teria disparado, sem motivo aparente, contra ela, e após isso teria foragido no sentido da casa de sua irmã. A vítima estava com perfurações no queixo, nuca e ombro.

A guarnição se deslocou até a referida residência, no Jardim Vitória, e lá, a mulher disse que seu irmão havia cometido suicídio. Dentro da casa, Rolveblio dos Santos Tavares, de 33 anos, estava caído no chão, inconsciente, porém, ainda com vida, com uma perfuração no ouvido feita por arma de fogo. Ao seu lado estavam a arma utilizada, 2 munições intactas e outras quatro deflagradas.

Diante dos fatos, uma ambulância foi acionada e o homem encaminhado ao Hospital Regional de Confresa. Tanto ele como a mulher passam por exames preliminares e serão transferidos para que as capsulas alojadas sejam retiradas por meio de cirurgia.

Familiares disseram aos agentes que há cerca de três dias, o suspeito teria ameaçado a vítima com o mesmo revólver que cometeu o ato, visto que ele não aceitava o fim do relacionamento. O revólver e os projéteis encontrados foram apreendidos e o caso será investigado pela Delegacia de Polícia Judiciária Civil da cidade.

Fonte: Redação Olhar Alerta

NOTÍCIAS RELACIONADAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}