Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2018

Notícias

Quinta-Feira, 09 de Agosto de 2018 15:13

No interior

Vereadora que já foi sequestrada diz ter sido alvo de emboscada

Parlamentar foi "fechada" por veículo suspeito em rodovia; ela e motorista conseguiram fugir
Vereadora que já foi sequestrada diz ter sido alvo de emboscada A vereadora Zilmai Ferreira de Jesus (DEM), de Nobres

A vereadora Zilmai Ferreira de Jesus (DEM), de Nobres, registrou um boletim de ocorrência na noite desta quarta-feira (8) relatando uma tentativa de emboscada na rodovia MT-421, entre a cidade e o Distrito de Bom Jardim.

Segundo o documento, a parlamentar voltava de seu sítio, por volta das 21h, em sua caminhonete S-10, que era dirigida por seu motorista, quando foi “fechada” por um Fiat Uno preto.

O carro suspeito estava com os faróis apagados e no sentido contrário da pista.

O condutor da caminhonete conseguiu desviar e evitar que acontecesse um acidente. Em seguida o motorista passou a dirigir em alta velocidade, com receio de estar sendo perseguido, mas eles não viram mais o Uno.

Na delegacia, a vereadora e o motorista não conseguiram identificar nenhum suspeito da tentativa de emboscada.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Sequestrada

Em março deste ano, a política havia sido seqüestrada dentro de sua casa por quatro homens armados.

Eles colocaram-na dentro de seu carro e a levaram até a empresa do marido, onde exigiram que ela entregasse dinheiro e explosivos usados pela empresa.

Os bandidos então roubaram R$ 2,5 mil do caixa da firma e, em seguida, levaram a parlamentar até Cuiabá e a libertaram na Avenida Antártica, próximo ao Rodoanel.

À época a vereadora relatou não ter sido agredida pelos criminosos.

Nenhum criminoso foi identificado ou preso pela Polícia Civil.

Fonte: Mídia News

NOTÍCIAS RELACIONADAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}