Segunda-Feira, 25 de Junho de 2018

Notícias

Quarta-Feira, 30 de Maio de 2018 08:23

Recursos

UVNAX assegura quase 12 milhões de verba federal para a Saúde do Araguaia

O destino do valor de R$ 56 milhões à Saúde de Mato Grosso, é discutido na região desde o anúncio do recurso
UVNAX assegura quase 12 milhões de verba federal para a Saúde do Araguaia ( Foto: Reprodução )

Após reunião em Cuiabá, na última sexta-feira (25), a União dos Vereadores do Norte Araguaia e Xingu (UVNAX) conseguiu segurar a fatia de R$ 11,7 milhões para a Saúde da região. Inicialmente fora do montante de R$ 56 milhões de verba federal destinada ao setor em Mato Grosso, o Araguaia-Xingu é contemplado depois de articulação da entidade e outras lideranças políticas junta à bancada federal. O valor deve ser homologado no Ministério da Saúde em breve e será dividido entre quatro consórcios de saúde.

A reunião contou com a presença dos membros da UVNAX e da Associação dos Municípios Mato-grossense (AMM) e outros líderes políticos da região, como prefeitos e vereadores. Da bancada federal, compareceram os deputados Valtenir Pereira e Ezequiel Fonseca.

Os R$ 11.722.54,00 serão divididos entre os consórcios de saúde da região Araguaia-Xingu e devem contemplar mais de 30 municípios mato-grossenses. O consórcio de Barra do Garças leva a fatia de R$ 3,5 milhões, enquanto Água Boa fica com R$ 4,2 milhões. As regiões de Confresa e São Felix do Araguaia, recebem, respectivamente, R$ 2,8 milhões e R$ 1,2 milhões.

O destino do valor de R$ 56 milhões à Saúde de Mato Grosso, é discutido na região desde o anúncio do recurso. Deputados federais e senadores, reunidos em Brasília, no final de abril, decidiram por apontar quais cidades seriam beneficiadas com as emendas impositivas destinadas ao Estado e deixaram o Araguaia fora do bolo.

Fonte: A Semana 7

NOTÍCIAS RELACIONADAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}