Terça-Feira, 14 de Agosto de 2018

Notícias

Terça-Feira, 07 de Agosto de 2018 14:41

Feminicídio

Suspeito de atear fogo e matar a sogra é preso pela Polícia Civil

Homem ateou fogo em carro onde estavam a sogra e a mulher dele, em Chapada dos Guimarães
Suspeito de atear fogo e matar a sogra é preso pela Polícia Civil Carlos Augusto da Silva, de 41 anos, foi encontrado na casa de familiares em Campo Verde

A Polícia Civil prendeu, na noite dessa segunda-feira (6), Carlos Augusto da Silva, de 41 anos, suspeito de atear fogo e matar a sogra dele, uma idosa de 73 anos, em Chapada dos Guimarães (a 68 km de Cuiabá).

O crime ocorreu no dia 30 de julho e a idosa morreu ontem, após passar sete dias internada no Pronto Socorro da capital.

Segundo a polícia, o suspeito foi encontrado em Campo Verde (a 140 km de Cuiabá). Ele estaria escondido na casa de familiares desde a data do crime.

Na data do crime, conforme a polícia, Carlos Augusto teria desferido socos contra a sogra e, em seguida, ateado fogo no carro em que a idosa e a esposa dele, M.B.M., de 49 anos, entraram quando tentavam fugir dele.

De acordo com a polícia, o investigado possui passagens pela polícia por crime de lesão corporal, no contexto da Lei Maria da Penha, e por agressão à mulher dele.

O caso

À polícia, a esposa do suspeito, relatou que, no dia do crime, o marido estava ingerindo bebida alcoólica quando começou a discutir com a sogra.

Em seguida, ele teria agredindo a idosa.

Para fugir, ela e a mãe entraram em um veículo, sem saber que o agressor havia jogado combustível no carro.

Conforme a polícia, ao ver que as duas mulheres estavam no carro, o homem teria ateado fogo no veículo, fazendo com que as duas mulheres sofressem queimaduras pelo corpo. 

As duas vítimas foram encaminhadas para o Pronto Socorro de Cuiabá, mas a idosa chegou ao hospital em estado grave e não resistiu aos ferimentos.

Fonte: Mídia News

NOTÍCIAS RELACIONADAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}