Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018

Notícias

Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2018 08:59

Eleições 2018

São Félix do Araguaia tem maior taxa de ausentes nas eleições 2018 no Norte Araguaia

Confira as taxas de ausentes nas demais cidades do Norte Araguaia
São Félix do Araguaia tem maior taxa de ausentes nas eleições 2018 no Norte Araguaia As eleições desse ano registram altos índices de abstenção (Foto: Reprodução)

Mato Grosso foi o Estado que registrou o maior índice de pessoas ausentes, ou seja, que não votaram nas eleições deste ano.

Conforme levantamento feito pelo site Olhar Alerta, no Estado, de 2.329.374 cidadãos, não compareceram às urnas 24,56%, ou seja, pouco mais de 572 mil eleitores. No Norte Araguaia, o índice de pessoas que não votaram foi ainda maior em relação à realidade estadual: as médias variaram de 27% à 35% do total de votantes.

Confresa apresentou a menor relação de cidadãos que não votaram, de 18.700, 27,50% estiveram ausentes, isto é, 5.145 pessoas; em segundo lugar, Alto Boa Vista, com 39,37% de faltantes, de 3.602 pessoas, não foram às urnas 1.507 cidadãos;  em seguida, em Canabrava do Norte, de 3.788 eleitores, 1.215 estiveram ausentes nos locais de votação, ou seja 32,10%; Porto Alegre do Norte aparece logo depois, com 32,31% de faltantes, quer dizer que de 7.394 cidadãos, 1.215 não compareceram às urnas; Santa Cruz do Xingu teve 32,61% de eleitores que não apresentaram-se no dia das eleições, de 1.573 pessoas, 512 não votaram; em Santa Terezinha os resultados também não foram bons, de 4.894 eleitores, 1.623 não compareceram; Vila Rica apresentou taxa de 34,08% de faltantes, de 13.209 eleitores, não foram aos locais de votação 4.501 pessoas.

Em São José do Xingu os resultados foram ainda maiores, do total de 4.340 eleitores, não votaram 35,12%, ou seja, 1.524 pessoas, mais de 1/3 da população total do município não cumpriu seu papel nessas eleições. E o pior resultado foi apresentado pela cidade de São Félix do Araguaia, com a taxa de 35,27% de munícipes faltantes, de 7.509 eleitores, não votaram 2.648 pessoas.

O índice é preocupante, visto que as eleições deste ano decidem o futuro não só de uma cidade ou Estado, mas sim, de uma nação. A democracia é importante nesse aspecto, pois a escolha dos representantes certos pode alavancar o país, e dos errados, fazê-lo entrar em recessão. 

Fonte: Redação Olhar Alerta

NOTÍCIAS RELACIONADAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}