Terça-Feira, 14 de Agosto de 2018

Notícias

Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018 07:43

Investimento

Moradores da Vila Bridão Brasileiro em Confresa serão beneficiados com 50 casas populares

As moradias serão de aproximadamente quarenta e seis metros quadrados
Moradores da Vila Bridão Brasileiro em Confresa serão beneficiados com 50 casas populares Foto ilustrativa

As famílias de assentados da agrovila Bridão Brasileiro agora terão acesso ao programa PNH Rural do Ministério das Cidades. O programa contempla a construção de cinquenta casas populares para as famílias selecionadas. As moradias serão de aproximadamente quarenta e seis metros quadrados distribuídas em dois quartos, sala e cozinha, banheiro e uma pequena varanda.

A Secretaria de Planejamento auxiliada pela Secretaria de Agricultura fez uma reunião nesta terça-feira dia 17 de Julho na agrovila, para apresentar as famílias o programa e os critérios que devem ser obedecidos. Na ocasião já se iniciou o pré cadastro de algumas pessoas, para posterior triagem.

Segundo a Assistente Social, Neuza Borges, que está cuidando do cadastramento das famílias, existe alguns critérios para conseguir a casa. O Primeiro deles é estar cadastrado no programa Bolsa Família e no INCRA, também tem prioridade as pessoas com deficiência e as mulheres que são mães. Outro critério é com relação à faixa de renda familiar mensal, a primeira faixa é para as famílias com renda mensal até R$1.800,00, a segunda faixa de renda é de até R$2.200,00, e a terceira faixa de renda é de até R$3.000,00 mensais.

Ainda segundo a Assistente Social, quem já foi beneficiado em qualquer programa anterior de custeio ou incentivo rural, fica impedido de pleitear este programa.

O Secretário de Planejamento Ronclebes Condão informou que há outros programas de habitação em andamento.

Fonte: Redação Olhar Alerta

NOTÍCIAS RELACIONADAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}