Sexta-Feira, 25 de Maio de 2018

Notícias

Quarta-Feira, 16 de Maio de 2018 08:26

Araguaia

Carreta carregada com calcário tem problema mecânico e trava BR-158

Uma fila de carro com mais de um quilômetro se formou de ambos os lados.
Carreta carregada com calcário tem problema mecânico e trava BR-158 ( Foto: Reprodução )

Uma carreta carregada com 33 toneladas de calcário teve um problema mecânico quando trafegava sentido Bom Jesus do Araguaia/Serra Nova Dourada ficou atravessada na rodovia, na posição ‘L’, o que impossibilitou a passagem de veículos.

O imprevista ocorreu por volta das 8h dessa terça-feira (16). Depois de quase duas horas com o trânsito impedido, um trator da Fazenda Sublime atendeu o chamado de motoristas que utilizam aquele trecho com frequência e ajudou a retirar a carreta do lugar onde estava encalhada.

O fato chamou a atenção de curiosos que deixavam seus carros para ver o que tinham acontecido. Uma fila de carro com mais de um quilômetro se formou de ambos os lados.

Contorno Leste

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) está na iminência de emitir a Licença Prévia Ambiental para Construção do contorno da BR-158. O próximo passo será o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) emitir ordem de serviço para realização do projeto executivo, e tomar medidas para obtenção da Licença de Instalação para iniciar as obras, segundo informou o superintendente do órgão em Mato Grosso, Orlando Fanaia.

A luta pela conclusão da BR-158, que já perdura há 12 anos, está próxima de chegar ao fim. O senador Wellington Fagundes, um dos principais articuladores junto ao IBAMA, o Ministério dos Transportes, o DNIT e a Funai (Fundação Nacional do Índio), lembra que o trecho entre o Posto Luisinho e o município de Alto Boa Vista já teve licitação homologada para pavimentação de 94 km de malha viária, e dos 800 km existentes, falta pavimentar somente 190, justamente sobre o contorno que margeia a reserva indígena Maraiwatsede.

Fonte: Semana7

NOTÍCIAS RELACIONADAS

{{countcoment}} COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
{{car.nome}}
{{car.comentario}}
{{car.mais}}
{{car.menos}}